10.3.09

MANUAL DA DONA DE CASA MONGA: Como trocar uma lâmpada

Nenhuma dona-de-casa, mesmo que monga, precisa de ajuda para trocar uma lâmpada. Em vez de testorena, o único elemento necessário, além da lâmpada nova, é uma escada, cadeira, ou movél alto, capaz de te levar às alturas.

COMO FAZER:
1 - Suba na escada.
2 - Desenrosque a lâmpada. A título de curiosidade, dê uma olhada dentro e veja se a micromola que ligava duas anteninhas está solta. É assim que identificamos uma lâmpada queimada. Se a micromola estiver inteira, pode ser apenas uma problema de má-enroscação.
3 - Enrosque a lâmpada nova no bocal.
4- Desça e - tarã! - faça o teste do interruptor.
Achou simples? Nem tanto.
O número de tragédias decorrentes dessas ações é assustador. Veja como se preservar de...

QUEDAS
- Só porque você subiu numa escada quando estava sozinha em seu apartamento não significa que você irá cair, bater com a cabeça, ficar inconsciente, e só ser encontrada um mês depois porque os vizinhos começaram a estranhar o jornal acumulado na sua porta. Antes de subir, respire fundo para evitar delírios paranóicos. É só firmar bem a escada e subir um degrau de cada vez, sempre focada no seu objetivo. Chegar lá.
- Ao alcançar a altura desejada, nunca, jamais, em hipótese alguma, olhe para baixo. Mantenha a cabeça erguida e uma das mãos no teto para dar segurança. Lembre-se do que a curiosidade fez com a pobre Pandora.

- Muitas quedas decorrem do fato de não sabermos o que fazer com as mãos. Em determinado momento, no topo da escada cambaleante, você estará as voltas com duas lâmpadas soltas. A dica é estar com bolsos largos, onde elas podem ser colocadas. Ou ter uma poltrona ou sofá por perto para atirar a lampada queimada, sem o perigo de cortar o pé depois.

- A proximidade de um sofá (macio e sem braços de madeira ou metal, por favor!) pode dar segurança a quem tem muito medo de cair. Em caso de desespero, em vez de aceitar a escuridão, forre o chão em volta da escada com almofadas e edredons.

CHOQUES
- Para que não haja a mais remota chance de choque, basta desligar a chave de força. Se bem que duvidamos que alguém com medo de trocar uma simples lâmpada, tenha coragem suficiente para abrir um quadro de luz.

- Se você não teve coragem de desligar a chave, chinelos sempre. Mãos secas. E nunca coloque a mão em nada que não seja o vidro da lâmpada.

DICAS PRÁTICAS:
- Compre sempre mais lâmpadas do que precisa e faça um estoque.
- Se você não tiver lâmpadas-reserva, roube de um abajur.
- Compre lâmpadas de vidro colorido para festas e noites românticas.
- Fuja de lâmpadas dicroicas com reatores. Elas são indicadas para donas-de-casa nível avançado - o que definitivamente não é o nosso caso.

6 comentários:

Anônimo disse...

Vocês duas têm razão.
Uma quando diz que o texto é meio bobinho, a outra quando fala que blog é para isto mesmo.
Vamo acabar com esse vai-e-vem, queridas?
Você, Laly, nem precisa mais visitar o blog e você, Angelikete, tenta encontrar a sua velha inspiração.
Boa sorte para as duas..........

Perla Kahoane disse...

Gente, eu conheço uma dona de casa monga...Elas existem sim! E acho que a Angel mandou bem no post. Conseguiu arrancar boas gargalhadas do seu público. Adorei Angel!

Alice C. disse...

Angel, acompanho seu blog desde 2006, minha filha é louca por você!

Polêmicas à parte, seu blog é maravilhoso! Beijos e continue assim, talentosíssima!

Quantos aos incomodados, eles que se retirem. Vale lembrar que pra entrar aqui tem que digitar o endereço. O blog não aparece sozinho no computador de ninguém, não é mesmo? ;-)

Perla Kahoane disse...

Maninha(Lalazinha),
Concordo plenamente, o blog da Angel serve como uma válvula de escape perfeita após um dia estressante. E digo mais, muitos adolescentes começam a gostar de ler através da Angel...Pq é uma leitura divertida e agradável. Daí eles partem para outros livros, com outras linhas de pensamentos e níveis de linguagem. É claro, nunca deixando pra trás os livros da Angel...Assim é fácil concluir que muitas pessoas começam a ter um contato maior com a leitura, por conta da Angel, se existem muitas coisas que incentivam a leitura, a Angel dá o pontapé inicial. Volto a repetir: Ser crítico é legal? Muuuuito! Mas ressaltando também o lado bom da coisa...Acho que ela consegue atingir perfeitamente seu público com os texto (ou se acharem melhor, bobeiras) que ela escreve.
Angeliquita, sei que já falei isso, mas é sempre bom lembrar, vc é talentosíssima! E assim como a Lalazinha, quero ser como vc quando crescer.
Beijos

Laís disse...

Ah, só uma coisinha que eu esqueci...
Angeliquita arrasou! Conseguiu 16 comentários em um só post, em 3 dias!
Graças a opinião da oposição!
ushaushaus

Angélica Lopes disse...

Isso se chama PIADA. hellou, galera.