13.1.06

Obsessão, não, não...

Sabe quando você quer muito-muito-mas-muito-mesmo uma coisa?
Tanto-tanto que, de manhã à noite, 99,9% dos seus pensamentos são a respeito daquilo?

Parabéns - você também faz parte do clube das OBCECADAS!
Pessoas capazes de ficar totalmente cegas, surdas e mudas para qualquer outro assunto que não seja aquele.

Vivi minha maior obsessão aos 12 anos.
A história foi a seguinte:
Eu queria muito-mas-muito-mesmo ir a um festival de rock, que ia acontecer do lado da minha casa, com várias atrações internacionais e as bandas de maior sucesso do momento.

Problema:
Na última hora, minha mãe simplesmente cismou que ia ter confusão, que eu era muito nova para me meter em multidões, parari, parará e ...
Vocês já podem imaginar o que aconteceu, né?
- Mas mãe! Todo mundo vai!
- Todo mundo menos você. E se tiver briga? Confusão? Tiroteio? Sexo? Drogas?!!

Foram rios de lágrimas e semanas de chantagem emocional com meus pais:
- Vocês não gostam de mim! Vocês só querem me fazer sofrer!
- Um dia, você irá entender, minha filha... - eles diziam com cara de sabedoria.

O fato é que até hoje não superei esse trauma.
Até compreendi os motivos, mas continuo achando que eles exageram um pouquinho.
Afinal, minhas amigas (que foram em grupo sob a supervisão dos pais) não foram vítimas de nenhuma grande catástrofe prevista por Nostradamus.

Sobreviveram sem um arranhão ao show, prontas para passar o resto do ano falando sobre aqueles momentos inesquecíveis que eu perdi! Esse fato marcou tanto a minha adolescência que nunca me esqueci do ano em que tudo aconteceu:
1985
(Mais de 20 anos atrás!!!
Estou velha, né? A maioria das minhas leitoras nem tinha nascido!)

E por que estou falando disso agora? Por que acaba de ser lançado um livro sobre tudo o que aconteceu nesse ano: começando justamente pelo Rock in Rio, que foi em janeiro.
Uma ótima dica de presente para quem tem quase ou um pouquinho mais de 30.
Detalhe: Quem escreveu foi o jornalista mais lindo da cidade.
Meu amorzinho, Pedro Só.

Olha a capa:

3 comentários:

Gilzinha disse...

oi!
Lembra de mim?
Sou aquela menina da fnac?!
Passei para dar uma olhada e te mandar uma bjk!!

Gil

Anônimo disse...

E você é a escritora mais sexy de toda a internet!!!
Pedro

Angélica Lopes disse...

Conheço esse cara que postou aí em cima!!