8.1.09

A insônia e a crueldade

Quantas noites sem dormir até sermos capazes de matar bebês-passarinho?

Um zeloso casal de sabiás considerou o vão do meu ar-condicionado um ótimo lugar para criar os filhos.
Um condominio de luxo com ronco de motor para ninar filhotes, parapeito contra chuva e localizado a poucos metros do galho mais próximo. Sonho máximo da classe média sabiazense.

Mas esse delicado ninho, com gravetinhos cuidadosamente escolhidos, milimetricamente posicionados, escorregou na falta de sorte ao ser construído atrás da parede de uma moça que, mesmo incapaz de matar filhotes, realmente precisa dormir.

Há três madrugadas, tenho delírios agitados pela piadeira das 5, imaginando estar empurrando os bebês.

Há três dias, abro a janela decidida a fazer algo que não sei bem o que é. Pego o cabo de vassoura e eis que eles aparecem: os pais - o casal de sabiás dando rasantes desesperados na frente da minha janela para tentar me impedir do crime.

A pergunta é: até quando?
Aqui, um dos progenitores dos bebês, em vigília , fazendo guerra de nervos comigo.

6 comentários:

Lá Cristina disse...

MEU DEUS!
Você seria capaz de matar os pobres coitados por uma noite de sono tranquila??? Que absurdo!
Eu no seu lugar já teria feito isso há muito tempo!!!

Ps.: Eu não morri!
Tô de volta e com saudades absurdas de você!

Angélica Lopes disse...

váriasssss noittteesss

Anônimo disse...

Angélica,

Fazendo uma analogia bem atual, imagine que seu quarto seja Israel e o ninho dos passarinhos a Faixa de Gaza. Quem chegou primeiro? De quem é o espaço afinal? Você não acha que os passarinhos tem tantos direitos quanto você? Se eu fosse você tentava uma saída diplomática antes que a situação chegue a um conflito inevitável. Não bombardeie os coitadinhos. Negocie um cessar-pio com eles...rs

Beijão,

Cursino

Angélica Lopes disse...

eles são mais radicais do que o hamas!!

e eu, um coracao mole, tipo Flora, odeio, mas ao mesmo tempo tenho obsessao pelos pequeninos sabiás-donatelinhos.

Voce nao imagina a emocao, quando no meio de um improperio, eu vi o filhotinho tendando o primeiro vôo...

Isa disse...

Seu blog e demais Angel.So vc mesmo.Que bom que gostou da Radio Magiji.

P.S.eu tb seria capaz de fazer isso.HEHE

Angélica Lopes disse...

POis é, Isa.
Será que causar um acidente num passarinho dá cadeia?